Qual o FUTURO da computação nos países ricos?

Enquanto dirigíamos para uma high school no estado de Iowa nos Estados Unidos, escutei de um engenheiro de sotware americano (muito compentente por sinal) sobre um fenômeno que estava acontecendo nos USA que me deixou pensativo. O motivo pelo qual estávamos indo para a high school era porque a empresa onde eu trabalho participa de um projeto social onde os engenheiros de software experientes da empresa fazem uma espécie de “aula” e acompanham os estudantes em tópicos relacionados a TI, numa tentativa de despertar a curiosidade desses alunos por computação, desenvolvimento de software e afins.

Voltando ao assuto que tinha me deixado pensativo, aquele 8213e2b9121b11c16d18a02e2899d724engenheiro me falou que as pessoas que prestavam aconselhamento vocacional para as crianças/adolescentes nas escolas, muitas vezes estavam com um discurso que não valia a pena escolher computação, especialmente se for para enveredar em desenvolvimento de software. O Motivo? Simples demais. Pra que você vai ser programador/tester/etc se as empresas nos países ricos e desenvolvidos estão cada vez mais transferindo o desenvolvimento para países onde a mão de obra é mais barata (seja terceirizando ou abrindo filiais nesses países)? Isso é um fato, não existe dúvida que isso está acontecendo. Países como a Índia já estão cheios de centros de desenvolvimento de software, e a matemática é simples: Para que contratar um desenvolvedor/tester na Alemanha (por exemplo) se é possível contratar 4 ou 5 na Índia pelo mesmo valor?

Claro que existem diversas questões atreladas a isso, como por exemplo se realmente vale a pena, questões relacionadas com a qualidade do produto final, questões relacionadas com como gerenciar o desenvolvimento geograficamente espalhado, como coordenar da melhor forma e assim por diante. Não quero entrar nos detalhes dessas questões, quero me ater ao fato de que isso está acontecendo, e cada vez mais.

Gostaria de deixar aqui algumas reflexões:

1) Antes eu pensava [e ainda hoje penso] que seria ótimo se meus filhos seguissem o caminho da computação, mas agora, estou pensando se realmente é isso que quero para o futuro deles. Será que você também aconselharia seu filho a fazer computação, ou seria melhor algo que não pudesse ser facilmente transferível para a Índia (ou qualquer outro lugar no mundo onde seja mais barato)? Estou honestamente pensativo sobre isso… acho que essa reflexão é válida.

2) Outra reflexão válida, é se o nosso Brasil vai virar uma Índia nesse sentido. Não sei até que ponto o nosso “Custo Brasil” permite que isso aconteça, mas o fato é que temos recursos humanos excelentes em TI… será?

3) Essa terceira reflexão, vai de encontro com a reflexão número 2. Nessa aqui, eu coloco o Brasil como um país “rico”, pelo menos no que diz respeito a terceirizar os serviços de TI e contratar países onde os serviços sejam mais baratos. Nesse caso, o ponto 1 começaria a fazer sentido também para os brasileiros. E aí, o que vocês acham?

Anúncios

2 comentários sobre “Qual o FUTURO da computação nos países ricos?

  1. Já tive a experiência de trabalhar em projetos com parte do time no Oriente (Índia e China) e a diferença de fuso horário atrapalhou em alguns momentos. Mas na maioria do tempo as coisas fluíram bem, pois havia uma especificação detalhada do que deveria ser implementado e como seriam as integrações entre os diferentes módulos.

    Foi coisa de empresa grande, multinacional com equipe de advogados que redigiam os contratos de NDA de acordo com a legislação de cada país, suporte que montou infra compartilhada via VPN para todos, etc. Para médias e pequenas empresas acho que a complexidade e os custos de fazer um offshore é proibitivo e contratar uma fábrica de software nacional vai compensar.

    Ainda mais se houver algum tipo de integração com os serviços governamentais como nota fiscal eletrônica, Darf…

    • Concordo plenamente. Offshore é coisa de empresa grande, sem dúvida os custos nao compensam para as empresas pequenas. No Brasil o cenário é diferente, mas o que eu vejo fora do Brasil é que praticamente TODAS as empresas GRANDES estão fazendo offshoring na india. Eu vivenciei uma empresa reduzindo o quadro na Alemanha para ampliar o quadro de funcionarios (desenvolvedores) na india. Enfim, é preocupante por um lado, mas interessante ver essa tendencia no mercado. A pergunta é: Você gostaria que seu filho fosse uma das pessoas que seria substituida por 3 outros na India? OU mesmo vc? …..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s