Somos maus programadores, aceite isso! Será mesmo?

Não sei quantos de vocês acompanharam alguns dos últimos posts que rolaram em alguns blogs famosos, mas Jared Richardson no Blog da Agile Zone publicou um post entitulado “You’re a Bad Programmer. Embrace It.” que foi bastante acessado e um tanto quanto polêmico.

Jared, em seu post, fala que somos péssimos desenvolvedores:

How many developers think they’re good programmers? We’re not. We’re all fairly bad at what we do. We can’t remember all the methods our code needs to call, so we use autocompleting IDEs to remind us. And the languages we’ve spent years, in some cases decades, learning? We can’t even type the syntax properly, so we have compilers that check and correct it for us.

Até parece fazer sentido né? Só que não faz! Na verdade, é óbvio que existem bons e maus programadores (assim como qualquer outra profissão) e o fato de utilizarem utilizarem ferramentas não os torna maus programadores (talvez até o fato de utilizarem determinadas ferramentas para facilitar seu trabalho os torne BONS).

É como dizer que um mecânico é bom se ele apertar um parafuso de uma determinada peça com a mão, e não com uma chave de fenda.

Stephan, dono de outro blog famoso de TI, o Code Monkeyism, leu esse post do Jared e não gostou muito também 😛 Stephan então postou um resposta entitulada “Você é mesmo um mau programador?” e então ele critica diversos trechos do post original do Jared.

O post do Stephan (do Code Monkeyism) ficou muito legal e ele embasou cada ponto de crítica que fez ao nosso caro Jared. Não preciso nem dizer que concordei com o Stephan.

Até que dá pra entender que o intuito original do post de Jared era dizer que existem ferramentas que podem nos auxiliar a ser melhores programadores e a evitar alguns tipos de erros, o problema maior foi a fundamentação do problema que foi muito rasa.

O post de Stephan em resposta ao posto original do Jared termina da seguinte forma:

There are good and bad programmers. The good one are those who want to become better, are interested in their craft, the bad ones are those who do 9 to 5 jobs without any interest in their profession.

Existem bons e maus programadores. Os bons são os que querem se tornar ainda melhores, estão interessados no que produzem…

Anúncios

Um comentário sobre “Somos maus programadores, aceite isso! Será mesmo?

  1. Nunca concordei com a turma q diz isso q o Jared Richardson colocou, q o q faz um bom programador é “In-IDe-pendência”. Fato q muitos dos grandes “programadores superstars” q eu conheci, ou já vi em ação, não usam IDEs pra escrever código. Até imports eles sabem os pacotes de TUDO. Mas, ao necessitar de uma ferramenta de testes por exemplo, eles procuram sempre as melhores. Você colocou bem Thiago: o que define um programador bom é justamente ele sempre se interessar em melhorar o que produz. Ponto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s